skip to Main Content
focus_logo_azul

Desenvolvido por

PRODAH - Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade - UFRGS

TDAH E TRANSTORNO DE HUMOR BIPOLAR

IMG 0663
Post Series: Diagnóstico e sintomas

O diagnóstico diferencial de TDAH com o Transtorno de Humor Bipolar (THB) se apresenta como um desafio em algumas situações. Ambos os transtornos apresentam algumas características em comum, como a impulsividade, e a hipomania do THB pode ser confundida com a hiperatividade do TDAH. Além disso, os dois transtornos podem estar presentes em um mesmo paciente e o TDAH poderia, inclusive, ser fator de risco para o desenvolvimento da bipolaridade.

Um estudo recente demonstrou que crianças com diagnostico de TDAH tinham um risco 10 vezes maior de serem diagnosticadas com THB no futuro comparado com crianças sem diagnóstico de TDAH. Ainda, a comorbidade dos dois transtornos pode envolver uma via genética comum. Um outro estudo sueco que avaliou 13532 pares de gêmeos aos 9 e 12 anos e, após, aos 15 e 18 anos encontrou que fatores genéticos associados a hipomania explicavam 25% a 42% da chance da presença de sintomas de hiperatividade e impulsividade no TDAH.

Uma outra pesquisa demonstrou também que a apresentação comorbida do THB e do TDAH estava associada a um curso mais grave e a um maior risco de tentativas de suicídio do que qualquer apresentação dos transtornos isolada.

Existe controvérsia quanto ao uso de estimulantes para o tratamento do TDAH em pacientes com THB. Um estudo de 2016 demonstrou que o uso de metilfenidato para tratamento do TDAH em pacientes com THB que não estavam fazendo uso de estabilizadores do humor aumentou em 7 vezes o risco de virada maníaca dentro de 3 a 6 meses. Entretanto, o uso de metilfenidato em pacientes em uso de estabilizadores de humor foi associado a diminuição de episódios maníacos. Ou seja, o uso de estimulantes parece ser seguro em pacientes com THB que estejam devidamente medicados para o tratamento do THB.

Sendo assim, é importante avaliar a presença de THB em pacientes com diagnóstico de TDAH, uma vez que pode ser um diagnóstico diferencial e o tratamento do TDAH pode afetar o curso do THB. Apesar das semelhanças, a hiperatividade no TDAH tende a ser uma caraterística mais constante do funcionamento do indivíduo, ao passo que, no THB, a hiperatividade tende a se apresentar apenas nos episódios de mania.

Artigo adaptado e traduzido de: https://www.psychiatrictimes.com/view/adhd-bipolar-genetics-diagnosis-treatment

Compartilhe com seus amigos!
Back To Top