skip to Main Content

TRATAMENTO PRECOCE DO TDAH EVITA COMPLICAÇÕES GRAVES

IMG 3197
Post Series: TDAH & Cérebro

A intervenção precoce no TDAH ajuda as crianças na escola e no dia-a-dia. Um novo estudo mostra que a inclusão de medicamentos no plano de tratamento traz benefícios específicos, além de apresentar um menor risco de desenvolver condições co-ocorrentes.

Os medicamentos para o TDAH podem ajudar a melhorar a capacidade da criança de se concentrar em materiais educacionais e permanecer na tarefa, bem como seguir instruções e participar melhor de atividades sociais e manter amizades. Os pesquisadores dizem que lidar com os sintomas do TDAH com medicamentos não apenas melhora o comportamento acadêmico e social, mas também ajuda a prevenir outros problemas relacionados a condições co-ocorrentes.

“O tratamento do TDAH pode ajudar as crianças a evitar algumas das sérias complicações associadas ao TDAH”, diz o principal autor do estudo, Joseph Biederman, MD, chefe dos programas clínico e de pesquisa em psicofarmacologia pediátrica e TDAH adulto do Massachusetts General Hospital.

A medicação pode ter um efeito protetor

Cerca de dois terços das crianças e adultos diagnosticados com TDAH também têm uma condição co-ocorrente. Ela pode criar dificuldades para as crianças e suas famílias, além de trazer muita infelicidade para as crianças. A equipe de pesquisa do Dr. Biederman descobriu que a inclusão de medicamentos estimulantes no tratamento reduziu os riscos de desenvolver:

– Depressão maior

– Ansiedade

– Transtorno desafiador de oposição

– Transtorno de conduta

– Transtorno bipolar

– Tabagismo

– Abuso de substâncias

Isso tudo, além de melhorar o desempenho escolar e, para os adolescentes, reduzir a probabilidade de envolvimento em acidentes de carro.

“Nosso estudo comprova que o tratamento precoce com medicamentos estimulantes tem efeitos protetores muito fortes”, diz o Dr. Biederman.

Alan Geller, DO, psiquiatra que trabalha com crianças e adolescentes no Hospital Gracie Square, em Nova York, diz que, ao tratar os sintomas do TDAH, as famílias estão ajudando ativamente a prevenir problemas que podem desencadear condições secundárias ou intensificar as comorbidades existentes.

“Uma criança hiperativa que interrompe e atrapalha as aulas é desagradável”, diz Geller. “Ela acaba ficando marginalizada, o que pode levar a abuso de substâncias ou transtornos de conduta, ou ainda, depressão e ansiedade, se estiver constantemente frustrada. Ela acaba se sentindo sozinha e com a sensação de que ninguém pode ajudá-la. É um grande problema sem tratamento. ”

Entendendo os benefícios do tratamento

O tratamento do TDAH tem muitos benefícios, que podem incluir ajudar uma pessoa a viver mais. O pesquisador Russell A. Barkley, PhD, divulgou recentemente suas descobertas de que o tratamento do TDAH pode ajudar uma pessoa a não apenas evitar o desenvolvimento de condições concomitantes, mas também a gerenciar melhor as condições crônicas de saúde. Gerenciar melhor a saúde pode adicionar de nove a 13 anos à vida de alguém.

“Nossa pesquisa mostra que o TDAH é muito mais do que um distúrbio do neurodesenvolvimento, é um problema de saúde pública significativo”, diz o Dr. Barkley. “Ao avaliar as consequências para a saúde do TDAH ao longo do tempo, descobrimos que o TDAH afeta adversamente todos os aspectos da qualidade de vida e longevidade. Isso ocorre devido às deficiências inerentes à auto-regulação associadas ao TDAH, que levam a um autocuidado deficitário e a um comportamento impulsivo e de alto risco. Os resultados são preocupantes, mas também encorajadores, pois o TDAH é o distúrbio de saúde mental mais tratável na psiquiatria.”

O tratamento adequado dos sintomas do TDAH pode ajudar a criança a ter sucesso acadêmico, melhorar amizades e relações sociais e melhorar a vida familiar. Os benefícios protetores incluem o desenvolvimento de uma auto-imagem saudável e maior confiança, além de evitar o uso de substâncias, comportamentos perturbadores e atividade sexual precoce. Adolescentes que usam medicamentos como parte do tratamento têm melhores registros de direção e menos acidentes de carro.

Fonte: Artigo traduzido e adaptado do texto publicado no site do CHADD, ADHD Weekly, em 3 de outubro de 2019.

https://chadd.org/adhd-weekly/early-adhd-treatment-prevents-serious-complications/

 

 

Compartilhe com seus amigos!
Back To Top