skip to Main Content

DORMIR NEM SEMPRE É FÁCIL PARA QUEM TEM TDAH

IMG 0035
Post Series: TDAH & Cérebro

Você está dormindo o suficiente? Se você é como um em cada três americanos, você provavelmente não está, e se você é um portador de TDAH, você pode ter ainda mais dificuldade para dormir o suficiente. De acordo com um estudo no Morbidity and Mortality Weekly Report, cerca de 35% dos americanos dormem menos de sete horas de sono por noite.

Crianças com TDAH têm duas ou três vezes mais probabilidades de ter problemas de sono quando comparados com crianças sem o transtorno. Muitas vezes, as crianças com TDAH resistem para ir à cama, mesmo quando estão muito cansadas. Quando deitam na cama, muitas vezes elas têm dificuldade em adormecer.

Tanto em crianças como em adultos, a medicação estimulante para TDAH pode interferir com o pegar no sono, assim como a cafeína. Os distúrbios do sono co-ocorrentes, incluindo a síndrome das pernas inquietas, a respiração desordenada do sono (que pode incluir ronco ou apneia do sono) e um ciclo interno retardado de sono também podem causar problemas para ir dormir ou ficar dormindo durante a noite.

A falta de sono pode afetar a maneira como você pensa, funciona e se comporta durante o dia. Também pode agravar os sintomas de TDAH, incluindo hiperatividade em crianças. O que você pode fazer para melhorar seu sono ou ajudar seu filho a dormir melhor?

Crie uma rotina noturna que o ajude a fechar o seu dia e marque a transição para o sono. Se você ou seu filho tiverem TDAH, as rotinas são importantes. Ter uma rotina noturna, como um banho, um livro e um tempo de silêncio, ajuda algumas crianças a relaxar. Os adultos também podem ler ou realizar um passatempo, diminuir as luzes na hora de dormir e desfrutar de atividades silenciosas antes de dormir. Ao ter uma rotina definida, o cérebro reconhece os padrões que indicam a hora de dormir.

Desligue os aparelhos eletrônicos. Enquanto muitas pessoas afetadas pelo TDAH sentem que a TV ou o uso de dispositivos eletrônicos os ajudam a se prepararem para dormir à noite, a luz de televisores e dispositivos eletrônicos pode interferir com os desencadeadores do sono do cérebro. Desligar os aparelhos uma hora antes da hora de dormir ajuda o cérebro a iniciar o processo de sono.

Faça do quarto um lugar agradável. Não precisa ser impecável, mas um lugar acolhedor para dormir ajuda a fazer a hora de dormir convidativa. Mantenha o quarto um pouco frio e use cortinas de janela que bloqueiam a luz. Cubra relógios ou eletrônicos do quarto que tenham luzes LED que possam interferir com o sono. Desligue dispositivos que possam tocar ou emitir um sinal sonoro. Escolha lençóis e edredons que façam você se sentir feliz. Mantenha o trabalho, incluindo a lição de casa, fora do quarto.

Planeje tempo suficiente para dormir. A gestão do tempo é um desafio para muitas pessoas afetadas pelo TDAH. Você pode precisar agendar sua rotina noturna e hora de dormir no seu gerenciador de tarefas do dia. Se você usa um calendário on-line, envie e-mails ou lembretes de texto para iniciar a rotina noturna. Algumas pessoas podem precisar retrabalhar suas rotinas diárias para definir horas de dormir que lhes permitirão pelo menos sete a oito horas de sono. Isso geralmente incluirá a escolha de não fazer algo extra para que você possa terminar o dia anterior ou passar um pouco mais de tempo na cama pela manhã.

Se você tentou essas e outras sugestões e ainda não consegue dormir o suficiente, ou o seu filho continua muito cansado, fale com seu médico. O médico pode ter opções adicionais ou pode fazer exames físicos para outras condições de saúde que interfiram com o sono.

Tradução do site do CHADD – Associação Americana de portadores de TDAH e familiares – ADHD Weekly 15.02.18.

https://chadd.org/adhd-weekly/sleep-is-not-always-easy-when-you-have-adhd/

Compartilhe com seus amigos!
Back To Top