skip to Main Content

TDAH OU PROBLEMAS DO SONO? Entenda a complexa relação entre os dois

700 TDAH Ou Problemas De Sono Logo
Post Series: TDAH & Cérebro

Problemas para prestar atenção. Esquecimento. Descontrole da impulsividade. Estes comportamentos estão geralmente associados ao Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, mas eles também podem ser consequência de distúrbios de sono. Como muitos portadores de TDAH têm dificuldade para dormir, é difícil separar as duas questões.

Há relatos de pais sobre como os sintomas do TDAH reduziram após a criança começar a dormir bem. Será que era um distúrbio de sono, e não TDAH? Será que estas crianças tinham sido mal diagnosticadas?

David Anderson, Diretor do ADHD and Behavior Disorders Center, no Child Mind Institute, esclarece: distúrbios do sono são raros em crianças. Então, é improvável que tenham sido mal diagnosticadas. O que ocorre é que a privação de sono (ou a falta de qualidade) pode piorar muito os sintomas do TDAH. Portanto, garantir qualidade no sono pode melhorar a desordem como um todo.

A relação entre sono e TDAH

Não existem estudos conclusivos sobre isso e as conclusões encontradas até agora são complexas. Andrew Adesman, chefe da Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento no Cohen Children’s Medical Center, em Nova York, alerta que as relações entre o transtorno e o sono são complicadas de avaliar, porque alterar os rituais de sono de uma família pode afetar todo estilo parental.

Ainda, diz ele, pais que cedem com frequência aos problemas de sono do filho podem ter uma tendência maior a cederem ao comportamento manipulador e/ou agressivo desta criança. Então, segundo Adesman, ainda não há uma resposta única para a questão.

O sono do seu filho

Seu filho com TDAH dorme bem ou se vira a noite inteira? Nem toda criança com o Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade sofre de problemas para dormir, mas pode acontecer. Em um estudo, quase metade dos pais confirmou que o filho com TDAH tinha problemas de sono. Eles disseram que as crianças se sentiam cansadas quando acordavam, tinham pesadelos, apneia ou síndrome da perna inquieta.1

Outro estudo confirmou que crianças com TDAH têm taxas mais altas de sono durante o dia do que crianças sem o transtorno.2

Por que meu filho dorme mal?

Vejamos algumas causas para problemas que podem estar impedindo seu filho ou qualquer adulto com TDAH de dormir bem.

Resistência ao horário de dormir: crianças com TDAH têm grande dificuldade de descansar quando a noite chega. A rotina de ir para a cama acaba sendo prejudicada pelas interrupções.

Estimulantes: a cafeína do chá, do chocolate ou do refrigerante são inimigas conhecidas do sono. As medicações estimulantes também podem ter algum impacto no sono das crianças.

Condições coexistentes: problemas de sono são frequentes em outros transtornos, que podem coexistir com o TDAH – ansiedade e depressão são duas doenças que se enquadram nesta categoria. Drogas e álcool também impactam diretamente a capacidade de dormir bem.3

Como ajudar meu filho a dormir bem?

Parte de um tratamento multimodal para pacientes com TDAH é dar atenção à melhoria do sono e do comportamento na hora de dormir. A National Sleep Foundation (NSF) fornece algumas sugestões gerais para colaborar na criação de boas rotinas e qualidade de sono.4

Crie bons hábitos. Mantenha um horário de dormir regular – mesmo nos fins de semana; evite cafeína, nicotina e álcool em horários próximos à noite; use a cama apenas para dormir; desligue a televisão e os celulares antes de ir para a cama.

Seja realista. Escolha um horário de dormir para a criança que não prejudique a rotina familiar e não saia do estipulado. Técnicas comportamentais podem ajudar a criança com TDAH a se manter na cama. Portadores do transtorno têm resultados melhores quando dentro de sistemas estruturados e conseguem prever o que vai acontecer com clareza.

Preste atenção ao ambiente do quarto. Mantenha o cômodo quieto, fresco, organizado, confortável e escuro – a luz de dispositivos eletrônicos pode reduzir o hormônio do sono, a melatonina. Use um ventilador, refrigerador de ar ou umidificador para criar o chamado ruído branco. Minimize outros sons e interrupções de pessoas ou notificações eletrônicas.

Exercite-se durante o dia. O exercício físico ajuda a dissipar a hiperatividade e a inquietação para portadores de TDAH. Contudo, exercícios praticados perto da hora de dormir podem tornar o sono ainda mais difícil – pratique atividades físicas no máximo 3h antes de ir para cama.

Monitore seus hábitos alimentares. Comer demais à noite pode prejudicar a qualidade do sono. Porém, já que algumas crianças com TDAH não consomem nutrientes suficientes durante o dia, um pequeno lanche apropriado pode colaborar na redução da fome e da manutenção da saúde em geral.

Crie rituais. Rituais de sono são muito importantes para todas as pessoas, mas ainda mais para portadores do transtorno. Desenvolva uma rotina com uma série de pequenas atividades tranquilizantes, que faça uma transição previsível e sutil das atividades para o relaxamento.

Consulte o médico. Mantenha seu médico ciente das ferramentas mais eficientes e dos métodos que não obtiveram resultado – e atenção: jamais utilize medicações para dormir sem conversar com o especialista antes.

FONTES

1 GOLAN N, et al. Sleep disorders and daytime sleepiness in children with attention-deficit/hyperactive disorder. Sleep. 2004 Mar 15;27(2):261-6. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15124720>. Acesso em: 30 de agosto de 2018.

2 CORTESE S, et al. Sleep and alertness in children with attention-deficit/hyperactivity disorder: a systematic review of the literature. Sleep. 2006 Apr;29(4):504-11. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16676784?dopt=AbstractPlus>. Acesso em: 30 de agosto de 2018.

3 ADHD, SLEEP AND SLEEP DISORDERS. THE NATIONAL RESOURCE ON ADHD. Disponível em: <http://www.chadd.org/Understanding-ADHD/About-ADHD/Coexisting-Conditions/ADHD-Sleep-and-Sleep-Disorders.aspx>. Acesso em: 30 de agosto de 2018.

4 ADHD AND SLEEP. NATIONAL SLEEP FOUNDATION (NSF). Disponível em: <https://sleepfoundation.org/sleep-disorders-problems/adhd-and-sleep>. Acesso em: 30 de agosto de 2018.

Compartilhe com seus amigos!
Back To Top